Atitudes que atrapalham quem quer emagrecer

Atitudes que atrapalham quem quer emagrecer

5 de março de 2017 Coaching de Emagrecimento 0

Você tenta emagrecer, porém não está conseguindo resultados? Sente-se frustrada por não conseguir diminuir o peso da balança?

Alguma “coisa” não está equilibrada. A não ser que haja algum problema de saúde, existe algo que você está fazendo (e às vezes nem percebe, ou não sabe que faz mal) e está resultando nesse insucesso.

Hoje trarei algumas atitudes que atrapalham quem quer emagrecer. Vamos a elas:

“Efeito compensação”

Efeito_compensação

Você faz dieta durante a semana, e come (ou bebe) final de semana? Ou faz exercícios para poder comer? Saiba que esse comportamento, conhecido como “efeito compensação”, não lhe trará resultados bons nem duradouros. O ideal é um equilíbrio constante de seus hábitos de vida. É a constância das suas atitudes que lhe darão os resultados que deseja. Não existe “folga da dieta”, seu resultado vai depender única e exclusivamente do que você estiver fazendo.

 “Só um pedacinho não faz mal. Só hoje.”

Só-um-pedacinho-não-faz-mal

Não subestime aquele “pedacinho” de pizza, de sanduíche, sorvete ou chocolate. Pensando no longo prazo, esse acúmulo de calorias fará diferença na balança. Um exercício mental que sempre falo aos meus pacientes é, mentalizar, em cima de uma mesa, todos os “pedacinhos”, excessos, guloseimas que você ingeriu no mês (se você não é boa de memória, anote toda vez que “sair da linha”). Então, visualizando tudo o que comeu a mais, diga a você mesma se merece ter emagrecido ou não… e aí, merece?

Dormir mal

Dormir-Mal

Como já comentado em outro artigo (leia o artigo Stress e Ganho de Peso), pessoas que dormem pouco (menos de 6 horas) tem maior chance de stress, aumentando os níveis de grelina (hormônio do apetite) e cortisol, o que acarreta compulsão alimentar e ganho de peso e gordura corporal. Portanto, tenha uma boa quantidade e qualidade de sono.

Metas irrealistas

Metas-realistas

A sua meta no emagrecimento deve ser realista, atingível e específica. Quantos quilos quer perder, até quando deseja isso, para então poder planejar esse emagrecimento.

Reagir mal aos contratempos

Reagir-mal-aos-contratempos

Geralmente, nos primeiros sinais de dificuldade e insucessos, as pessoas se sabotam, e se contentam com as famosas desculpas de “não consigo”, “isso não é pra mim”, “estou feliz como sou”… pare de se enganar!

Quando você aprende a dirigir, ou aprende algum esporte, instrumento musical ou qualquer nova habilidade, o que faz quando comete erros? Faz de novo, repete, tenta, porque a habilidade se adquire com conhecimento, prática e repetição. E nesses casos, há um instrutor para isso.

E por que com a dieta é diferente? Faça novamente, repita o que sabe que precisa ser feito, e conte o auxilio e orientação de um profissional especializado para lhe ajudar a ter o peso que sempre sonhou.

“já fiz de tudo pra emagrecer, e não consigo.”

já-fiz-de-tudo-pra-emagrecer

Será que fez mesmo? Nesse ponto aqui, você precisa ser honesta consigo mesma. Entenda, que não há fórmula mágica para o emagrecimento. É preciso disciplina, determinação, foco, metas claras, autoestima, e alguns outros fatores para que seu processo de emagrecimento tenha sucesso. É preciso também se responsabilizar pelos seus atos, e a adoção de hábitos saudáveis precisa fazer parte de seu novo comportamento. Tenha certeza que se conseguir trabalhar seu corpo (alimentação, sono, exercício físico, entre outros) e sua mente (ressignificação da comida, sabotadores, motivadores, etc) seu resultado aparecerá, invariavelmente. E caso não saiba o que fazer para atingir isso, procure um profissional de sua confiança.

E não deixe para depois. O tempo de ser feliz de verdade é hoje!

Gostou desse artigo? Aproveite para conhecer também as  as 5 competências necessárias para emagrecer.

Um grande abraço, e até a próxima!

Logar com Facebook

Sobre o autor

Dr. Thiago Garcia:

0 Comentários

Would you like to share your thoughts?

O seu e-mail pessoal não sera divulgado

Deixe uma resposta